Quer aumentar seu nível de Felicidade no dia a dia? Use os happiness boosters a seu favor!

calvin-and-hobbes-comic-demand-euphoria-funny-happiness

Olá, pessoal! Não sei se todos sabem, mas eu sou voluntária no curso de Felizofia, que estuda a ciência da felicidade e acontece na ONG Base Colaborativa. A aula desta semana foi sobre um tema muito valioso hoje em dia: ações que podemos tomar para tornar nossa rotina mais feliz. No mundo real, temos de trabalhar, lidar com burocracias, trânsito, pessoas mal humoradas e folgadas, e outras coisas que nos estressam. Mas se encontrarmos truques que podemos usar quando o stress aponta, nosso dia vai ser outro. São os Happiness Boosters, ou estimuladores de felicidade. Cada um tem o seu, é só testar e identificar o que funciona melhor para você! 😉😉😉

Para ajudá-los a entender, vou falar dos meus e dar alguns exemplos bem conhecidos.

Naiara: eu sou uma pessoa naturalmente alegre e positiva, mas eu me estresso com muita facilidade, principalmente porque sou ansiosa e mega preocupada com o andar das coisas. Não tenho carro, então, o meu maior foco de estresse hoje é o trabalho (tanto na revista onde trabalho, quanto nos meus milhares de projetos pessoais e voluntariados). E não é raro as coisas fugirem do controle, não é mesmo? Seja uma entrevista que seria decisiva para a reportagem que não rende como você gostaria, ou prazos que ficam apertados ou ainda o excesso de compromissos na agenda. Eu tenho dois happiness boosters principais para lidar com meu dia a dia no trabalho:

1) Atividades físicas praticamente todos os dias (sou muito Inquieta e ansiosa e isso me ajuda a manter o nível de energia estável, evitar grandes picos e vales, e melhorara minha concentração e sentido de presença). Além disso, me faz me sentir bem comigo, melhora minha autoestima e meu humor.

2) Respiração e/ou meditação. Quando eu estou me sentindo ansiosa, vou ao banheiro ou sento num banco do jardim/café do prédio e paro para respirar. O que eu penso? Fico repetindo uma frase que meu pai me dizia quando eu era pequena (e já estressada com as provas e trabalhos da escola): “No final, tudo dá certo. Daqui um ano, um mês ou até uma semana, você estará rindo disso tudo!”. Aí lembro de alguma situação que achei que era o fim do mundo e realmente hoje eu percebo como eu estava exagerando. Juro que funciona!

É pouco, mas muito efetivo.

Alguns happiness boosters comum segundo uma pesquisa de Harvard :

MEDITE

Pegue alguns minutos por dia pata respirar profundamente para não pensar em nada (só prestar atenção no movimento da respiração) ou pensar em coisas boas e tranquilizantes. Música ambiente, com barulhos de mar, natureza e outros sons calmantes, ajuda muito. Por que todos os dias? Com a prática, você aumenta a sensação de presença, empatia e aumenta nível de bem estar, ao mesmo tempo que diminui o stress.

ENCONTRE UM OBJETIVO/META PARA CHAMAR DE SEU/SUA

Um estudo mostrou que pessoas que se imaginaram assistindo seu filme favorito tiveram um aumento de 27% nonível de endorfina. Isso mostra que, muitas vezes, a parte mais gostosa de uma atividade é a antecipação. Planejar uma viagem ou um jantar com amigos, as próximas férias, ou se matricular em um curso que sempre quis fazer, de música, idioma, pintura, dança, etc, são estimuladores de felicidade importantes.

SER GENEROSO

Altruísmo é sim uma fonte de felicidade e diminui o estresse. Portanto, pense no outro e aja com mais generosidade.

ESPALHE POSITIVIDADE

Quem nunca se deparou com um grupo ou uma pessoa com um cartaz “Abraços de graça”? Transmitir vibrações positivas, seja um simples ‘Bom dia’ ao porteiro já aumenta sua sensação de bem estar. E assistir menos programas de TV e ler notícias sobre violência, ajuda também. Até sua memória e sua criatividade podem melhorar.

PRATIQUE ATIVIDADES FÍSICAS

Nem precisa falar dos benefícios para a saúde e a autoestima, né? Mas exercícios físicos também se provaram tão efetivos quanto antidepressivos. Uma pesquisa mostrou que de três grupos, 38% dos que só tomaram remédios voltaram à depressão. Dia que tomaram remédios e fizeram atividades físicas, 31% voltaram a sentir-se depressivos. E, por fim, só 9% dos que só fizeram exercícios físicos, voltaram aos sintomas da doença!

GASTE DINHEIRO, MAS NÃO COM COISAS

Algumas pesquisas mostram que gastar dinheiro com experiências (viagem, jantar com amigos, teatro, concertos, etc) traz mais prazer do que comprar coisas, como TV, celular, sapatos… E comprar algo para presentear alguém (quando for genuína a vontade de fazer um agrado para a outra pessoa) também eleva os níveis de felicidade.

EXERCITE SEUS PONTOS FORTES E HABILIDADES

Ao usar suas habilidades para fazer algo diferente da rotina pode te automotivar e melhorar a autoestima. Vale muito trabalho voluntário, onde você pratica generosidade e exercita seus pontos fortes. Uma dica: tem um site bem bacana que funciona como uma vitrine de vagas de voluntariados: Atados.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: